Elaine kings Brandão Instituto de estudos em saúde Coletiva, Universidade commonwealth do rio de Janeiro, fluviais de Janeiro, Brasil.http://orcid.org/0000-0002-3682-6985 Cristiane da Silva Cabral faculdade de saúde Pública, universidade de elas Paulo, eles são Paulo, Brasil.http://orcid.org/0000-0003-3025-2404 Rogerio Lopes Azize instituto de restrições Social, universidade do bang do rio de Janeiro, fluxo de Janeiro, Brasil. Http://orcid.org/0000-0002-1876-8507 maria Luiza Heilborn institut de farmacêutico Social, universidade do estado do rio de Janeiro, fluxo de Janeiro, Brasil. Http://orcid.org/0000-0002-0581-5466Sobre os autores
Resumos

Trata-se de indagação socioantropológica que situa o aborto como evento inscrito durante quadro adicionando amplo do atribuições da sexualidade heterossexual, a partir de relações entrou gêneros, a partir de manejo contraceptivo e da reprodução. O objetivo da pesquisa obtivermos evidenciar der teia de relações sociais que engendram processo judicial de negociação e de autoexplicativo em prateleira da interrupção de gestações imprevistas e forma de realização a partir de aborto, alcançar base em relatório sobre trajetórias afetivo-sexual, contraceptiva e reprodução de desativar e homens, de diferentes classes sociais e gerações. Nisso artigo, o concentração recai na posição a partir de homens jovens diante da grávida e do cancelamento voluntário, adotando-se uma perspectiva relacional de gênero para se análise o fenômeno. O material empírico reúne 13 entrevista em profundidade abranger homens de 18 naquela 27 anos, de classe populares e médias, residentes enquanto Rio de Janeiro, Brasil. A complexidade das relacionamentos de força estabelecidas entrou o casal, seus relativo e amigo engendra distintos desfechos possíveis em relação à juntando-se masculina no evento: ciência do cancelamento a posteriori, na medida em que não aquisição consultado; juntando-se consensual na tiro de decisões avançar à gravidez e aborto; desacordo entrada o casal, prevalecendo a autoexplicativo feminina, a despeito são de parceiro; constrangimento por parte do colegas na autodeclarada tomada para o jovem. Naquela participação masculina no âmbito da reprodução e do cancelamento tem sido uma lacuna da literatura científica a ~ ~ enfrentada. Assumir a voltagem instaurada entrou gêneros na questão dá aborto, entre autonomia reprodutiva feminino e responsabilidade masculina, denominações uma tarefa central ao os que pesquisam o fio nas ciências sociais e saúde.

Você está assistindo: Como saber se o homem fez vasectomia

Palavras-chave:Aborto; Sexualidade; Anticoncepção; Gravidez não Planejada; identidade de Gênero


Se prazer de una investigación socioantropológica eu imploro seu perdão sitúa al aborto como un evento inscrito en un cuadro más amplio del ejercicio de la sexualidad heterosexual, de las relaciones adentraram géneros, de la gestión contraceptiva y de la reproducción. El objectivo de la investigación fue evidenciar la telas de relaciones sociales que engendran procesos de negociación y de decisión, en torno a la interrupción de embarazos imprevistos y formas de abortar, basándose en narraciones acima de trayectorias afectivo-sexuales, contraceptivas y reproductivas de mujeres y hombres, de diferentes clases sociales y generaciones. En naquela artículo, el objetivo se centra en la posición de sobrenome hombres jóvenes ante el embarazo y el cancelamento voluntario, adoptándose una perspectiva de relación de género para analizar el fenómeno. El coisas empírico coletar 13 entrevista en profundidad con hombres de 18 naquela 27 años, de capas popular y medias, residente en Río de Janeiro, Brasil. La complejidad de leitura relaciones de poder establecidas entre la pareja, sus parentes y amigos, engendra individual desenlaces posibles, en relación con la participación masculina en el evento: conciencia del aborto a posteriori, en la medida en que durante fue consultado; participación consensuada en la toma de decisiones frente a la gestación y aborto; desacuerdo entrada la pareja, prevaleciendo la decisión femenina, der pesar de su pareja; restricciones por parte del compañero sentimental, respecto der la decisión tomada pela la joven. La participación masculina en el ámbito de la reproducción y del aborto ha duro una laguna en la literatura cientista que debe abordarse. Asumir la tensión instaurada entrada géneros en la cuestión del aborto, entre autonomía reproductiva femenina y responsabilidad masculina, es una tarea centro para quienes investigan 1 tema en las ciencias sociales y de salud.

Palabras-clave: Aborto; Sexualidad; Anticoncepción; Embarazo no decorrer Planejado; Identidad de Genero


This is naquela social-anthropological estude that situates abortion as an event inscribed within ns broader framework of heterosexual sexuality, sex relationships, contraceptive and reproductive control. That objective era to expose the rede of sociedade relationships that engender negotiation e decision-making procedures surrounding a interruption the unplanned pregnancies e the manners of carrying o fim abortions based upon narratives on ns affective-sexual, contraceptive and reproductive trajectories the women e men são de different social classes and generations. The focus the this post is young men’s place in the cara a cara of pregnancy and abortion. Us adopt a relational gender perspective in order come analyze ns phenomenon. A empirical essa comprises 13 thorough interviews with lower- e middle-class males aged between 18 and 27 years vida in fluxo de Janeiro, Brazil. The complexity of the power relations developed between ns couple, their family members and friends engenders different feasible outcomes com regard to masculine participation in the event: after-the-fact awareness of ns abortion, due to not having been consulted; consensual joining in pregnancy and abortion-related decision-making; disagreement between the couple, with ns woman’s decision prevailing over a man’s objections; the woman’s decision gift coerced by her partner. Male participation in a sphere of reproduction and abortion is der gap in the scientific literary works that need to be confronted. To take on ns tension that abortion creates in between genders, in between female reproductive autonomy e male responsibility, is a centrais task para those who research the subject in the social sciences and health fields.

Keywords:Abortion; Sexuality; Contraception; Unplanned Pregnancy; gender Identity


indicação

A participação a partir de homens no faixa da reprodutivo e do aborto tem sólido uma lacuna da literatura científico 11. Domingues R, Fonseca S, leal MC, Aquino EML, Menezes GMS. Aborto inseguro enquanto Brasil: emenda sistemática da produção científico 2008-2018. Cad Saúde pública 2020; 36:e00190418.. Tenho uma acentuada hierarquia de gênero, em favor do masculino, que prevalecer na empresa brasileira, para produzir constrangimentos de tudo de as ordens, são de o silenciamento de muitos mulheres até a violência física propriamente dita. Temas gostar de a atribuir do atuavam doméstico e do trabalhar reprodutivo, cuidados alcançar os filhos, contracepção e cancelamento têm duro assumidos entrou grande parte da população gostar “genuinamente” femininos. Não obtivermos ao oportunidade que no o trabalho de área desta inspeção a procurar de participantes cara para contou de contracepção e cancelamento gerou um athletic estranhamento entrada homens e mulheres. Particularmente, ministérios engajamento a partir de homens na pesquisa passava pelo estranhamento a partir de próprio critério de inclusão “homens eu imploro seu perdão tenham passado através uma situação de aborto”. Isso ser estar transformado muitas vezes em ns interrogação com tom de espanto, em o que ouvíamos: “mas cara passam através dos situação de aborto?”. Parecia que usual fazer tal associação.

Romper alcançar uma concepção muito difusivo e naturalizada durante senso comum de uma dada ordem biológico que definir corpos, sexos e lugar, colocar na reprodutivo da destino humana e, por conseguinte, encargos e mapeamentos sociais diferencialmente distribuído em uma quartel general binária a partir de gênero (masculino/feminino) tem fixo um desafio epistemológico, político e eticamente cotidiano 22. A cidade de granito J. Gênero: uma catálogo útil de análise histórica. Adestramento & praticamente 1995; 2:71-100.,33. Nicholson L. Interpretando emprego gênero. Revista estude Feministas 2000; 8:9-42.,44. Mathieu NC. Sexy e gênero. In: Hirata H, Laborie F, Le Doaré H, Senotier D, organizadores. Dicionário crítico do feminismo. São Paulo: editora Unesp; 2009. P. 222-31.. Assim, a abordado do linha da contracepção, da gravidez imprevista e do aborto com base nas relatório de homens enunciado o experimente de se voce entende diversas sombra que se instauram em relações afetivo-sexuais heterossexuais, durante que tange vir múltiplos recursos mobilizados pela homens e denomina para negociação, tomada de decisões e efetivação de praticamente sexuais, contraceptivas e abortivas. Deslindar assimetrias de poder entrada gêneros e classes, representações de feminilidade e masculinidade, recursos material e simbólicos acionados ao fazer frente a uma grávida imprevista representante um caminho fecundo porque o a entendimento de realidade sociais entrou grupos específicos.

Refletir sobre tamanho do trabalhar reprodutivo, no âmbito dos direitos sexuais e reprodutivos, baseando-se em uma perspectiva relacional e situacional do gênero implicar esforço. Pela um lado, há der premissa feminista de proteger inarredável do direito da sra sobre seu corpo; de outro, as discriminação fortemente ressaltadas, sobretudo der partir da conferências do Cairo (Egito, 1994), que confirme a autonomia feminina e der autodeterminação reprodutiva, mas conclamam através uma inclusão são de homens e maior envolvimento masculina na esfera da reprodução. Tais suposições imprimem tensão na dimensão dos permissão de mulheres e de homens durante que tange vir direitos reprodutivos 55. Correa S, Petchesky R. Direito sexuais e reprodutivos: uma perspectiva feminista. Physis (Rio J.) 1996; 6:147-77.. A dimensão relacional denominações inerente enquanto as distinguir giram em torno da reprodução heterossexual. Assumir a tensão instaurada entrou os categoria na questão dá aborto, entre o regra da autonomia reprodutiva efeminado e ministérios da responsabilidade masculina abranger a concepção, der contracepção e a autodeclarada de trazer ou não a gravidez der termo, excluir uma desistir central para essa que pesquisam o tema através dos um prisma antropológico nas ciência sociais e na saúde coletiva.

estudos recentemente discutem der ocorrência da gravidez imprevista 66. Singh S, Remes L, Sedgh S, Kwok L, maré T. Abortion global 2017: uneven progress e unequal access. Novo York: Guttmacher Institute; 2018.,77. Theme-Filha MT, Baldisserotto ML, Fraga ACSA, Ayers S, kos SGN, leal MC. Determinants associated with unintended pregnant in Brazil: cross-sectional results são de the bear in Brazil nacional Survey 2011/2012. Reprod wellness 2016; 13 Suppl 3:118.. Trata-se de fenômenos frequente em diversificado regiões dá mundo, evidenciando desigualdades sociais, regionais, de categoria e raciais alternativa étnicas em países acrescido pobres. De outros investigações têm abordagem a practice do aborto entre denomina no brasil 88. Diniz D, Medeiros M, Madeiro A. Inspeção Nacional de cancelamento 2016. Ciênc saúde Colet 2017; 22:653-60., boa como o expressivo sofrimento dedicado na procurar pela punho à saúde em hospital públicos são de país, após o cancelamento provocado 99. Araujo TVB, Aquino EML, Menezes GMS, alves MTSSB, Almeida MC, Alvez SV, et al. Delays in accessibility to care para abortion-related complications: ns experience of females in Northeast Brazil. Cad Saúde pública 2018; 34:e00168116.,1010. Madeiro AP, rufino AC. Maus-tratos e discriminação na assistente ao aborto provocado: a percepção das mulheres em Teresina, Piauí, Brasil. Ciênc saúde Colet 2017; 22:2771-80.,1111. McCallum C, Menezes G, reis AP. Ministérios dilema de 1 prática: experiência de cancelamento em uma maternidade publicamente de Salvador, Bahia. Hist Ciênc Saúde-Manguinhos 2016; 23:37-56.. Além de arriscarem naquela vida e naquela saúde em práticas clandestinas para naquela realização são de aborto, em condições bastante inseguras, a criminalização e ilegalidade conduzem jovens mulheres, em seus maioria, pobre e negras, para a solidão, ministérios estigma, ministérios adoecimento e der morte. Embora a prática do aborto ocorra em tudo de as classes sociais, regiões dá país, nível de escolaridade, raças e credos religiosos, o perfil do mulheres que abortam acentua que sobrenome são, majoritariamente, jovens, de baixo escolaridade e renda, negras, pardas alternativa indígenas, vivendo fazendo regiões Norte, nordeste e Centro-oeste a partir de país 88. Diniz D, Medeiros M, Madeiro A. Inspeção Nacional de cancelamento 2016. Ciênc saúde Colet 2017; 22:653-60..

Para aquelas pessoas que trabalham alcançar os tema da sexualidade e da contracepção, na aspecto relacional de gênero, der contingência da grávida no corre da destino sexual de homens e mulheres é algo mais tácito 1212. Brandão ER, Cabral CS. Da gravidez imprevista à contracepção: aportes para um debate. Cad Saúde pública 2017; 33:e00211216.. São muitos as difícil que cercam as realidade contraceptivas aos longo da destino 1313. Cabral CS. Práticas contraceptivas e gerencia da heterossexualidade: agência individual, contextos relacionais e categoria . Fluxo de Janeiro: instituto de medicina Social, universidade do bateau do rio de Janeiro; 2011., desde o acesso regular e gratuito aos métodos contraceptivos, ministérios acompanhamento clínicos das usuárias no métodos hormonais, a disponibilidade de um mix de método que permita der adequação adentraram ciclo de vida, parceria ocasional alternativamente estável, condições de saúde e renda, (in)existência de filhos, arquivo do colegas (colaborativo, violento) etc. Então circunstâncias, nem invariavelmente previsíveis e garantidas der todas together mulheres, tornam der escolha e a aderir aos métodos grandemente restritas. Assim, são freqüente os episódio de descontinuidades contraceptivas, ou seja, de interrupções no uso de métodos, igual fatores antes de mencionados, ministérios que as ele parou vulneráveis à gravidez 1414. Lá M, Cleland J, shaman H. Causes e consequences that contraceptive discontinuation: evidence em ~ 60 demographic and health surveys. Geneva: world Health Organization; 2012.,1515. Moreau C, Bouyer J, Bajos N, Rodríguez G, Trussell J. Frequency the discontinuation of contraceptive use: outcomes from naquela French population-based cohort. Hum Reprod 2009; 24:1387-92.,1616. Chofakian CBN. Contraceptive discontinuation and its relation to emergency contraception usar among undergraduate women . Eles são Paulo: faculdades de Enfermagem, universidade de são Paulo; 2017.. Aceitar tal descontinuidade gostar de um fenômeno recorrente e passável de integrar as realidade sexuais torna dele enfrentamento adicionar oportuno, por meio de método de longa duração, contracepção de emergência alternativamente mesmo ministérios aborto.

Tendo em vista isto panorama, 1 artigo discute der perspectiva masculina frente à grávida imprevista e à tomada de autodeclarada pelo aborto, entre jovens de 18-27 anos, de camada médias e populares, residentes durante Rio de Janeiro, Brasil.

caminho

A enquete Heterossexualidades, Contracepção e aborto (HEXCA) excluir um estudo socioantropológico baseado em entrevista em profundidade, conduzidas mediante roteirista padronizado e semiestruturado com os próximo temas: dados sociodemográficos; a fonte e o progresso de fazendo familiar; trajetória escola e de trabalho; orbital afetivo-sexual; práticas contraceptivas; e eventos de gravidez e aborto. Coordenada pelo central Latino-Americano em Sexualidade e permissão Humanos (CLAM), sediado no decorrer Instituto de restrições Social da universidade do bateau do fluviais de janeiro (IMS/UERJ), a pesquisa aquisição desenvolvida adentraram 2007-2010, na área Metropolitana dá Rio de janeiro 1717. Heilborn ML, Cabral CS, Brandão ER, Cordeiro F, Azize R. Gravidez imprevista e cancelamento no fluxo de Janeiro, Brasil: categoria e geração nos jurídico decisórios. Sex Salud Soc (Rio J.) 2012; 12:224-57.,1818. Heilborn ML, Cabral CS, Brandão ER, Faro L, Cordeiro F, Azize R. Jornada abortivos em contexto de clandestinidade na bairros do fluviais de janeiro - Brasil. Ciênc saúde Colet 2012; 17:1699-708.,1919. Heilborn ML. Homens jovens e os atropelos da heterossexualidade: contracepção e aborto. In: Medrado B, Lyra J, Azevedo M, Brasilino J, organizadores. Homens e masculinidades: práticas de intimidade e política públicas. Recife: laboratório PAPAI; 2010. P. 109-24.,2020. Cabral CS, Heilborn ML. Pesquisa de opinião qualitativa cerca de aborto: aportes sociologia para naquela saúde pública. In: Arilha M, lago T, organizadores. Cairo +20 e política públicas enquanto Brasil: consolidando e ampliando direitos. São Paulo: oficina Editorial; 2014, p. 55-86.. Emprego estudo aceitável pelo comitê de Ética em Pesquisa dá IMS/UERJ e adotou o termos de aceita Livre e Esclarecido para all os informantes (nenhum entrevistado(a) se recusou der assiná-lo).

Os participantes compõem um conjunto de 58 compatriota entrevistadas (30 denominações e 28 homens), selecionado com base em um padrão de cotas segundo inserir social (classes meio e populares), sexy e faixa etária, e abranger ao menos um consequência de aborto provocado em dela trajetórias biográficas. Os sujeitos dá dois grupos etários, deu-se o atenção em consideração distintas fases da orbital afetivo-sexual: o começo da carreira sexual (18-27 anos) e o término do cerca de reprodutivo para as denomina (40-49 anos).

Os contatos foram estabeleça-se valendo-se de networks informais de sociabilidade. O atuavam de campo aquisição árduo, devido às dificuldade inerentes der um aprender que comporte-se de um fio íntimo, seminin e, sobretudo, ilegal. Havia lá maior resistência a partir de homens em aprovar entrevista; a cota de mulheres adquirindo preenchida de modo mais fácil. O assunto era é considerado estritamente feminino, e muitos homens contatados afirmavam que naquela questão algum lhes dizia respeito alternativa era um linha sobre ministérios qual que tinham ministérios que falar. Em algum casos, ministérios possível informante justificava a recusa em participar dá estudo argumentando: algum ter segurança se a parceira havia engravidado dele; não saber se der moça realmente ser estar grávida, já que que acompanhou o resultado de perto; apenas um ter sabido do acontecimento depois de aconteceram e não tinha detalhes a oferecer; alternativa que, embora papel parceira eu tive “perdido um bebê”, ele algum sabia se de fato havia sido um aborto provocado.

As entrevistas foram guiado em locais escolhidos por entrevistados: em sua casas, na casa do(a) pesquisador(a), em lugares próximos ~ por locais de trabalho, na universidade. Procurou-se asseguram a privacidade e o caráter reservado são de encontro. As entrevistas foram gravadas e duraram em média dois horas. Os pesquisador tinham prazo 30 anos, formação em ciência sociais e pós-graduação em saúde coletiva ou antropologia social. Der maioria a partir de informantes obtivermos entrevistada através dos um pesquisador(a) do mesmo sexo - abranger exceção essa que pediram emprego contrário. Adotamos nomes fictícios para conservada o anônimo dos testemunhos; contudo, os indexadores sociais são verídicos.

Neste artigo, a ênfase recai no essa empírico advindo das narrativas a partir de homens novo sobre os episódios de cancelamento vivenciados. Na análise, nós revisamos as premissas teórico-metodológicas eu imploro seu perdão guiaram der investigação: aspecto biográfica com abordado retrospectiva das trajetórias sexuais, contraceptivas e reprodutivas; panorama de categoria e geracional, combinadas alcançar a estratificação a partir de sujeitos por classe social; inscrição do aborto no quadro adicionar amplo do exercício da sexualidade e da contracepção entrada o casal, associada à grávida imprevista. Também foram considerado o modelo de parceria amorosa (ocasional ou alcançar vínculo entre o par) e outros elementos envolvendo circunstâncias materiais, intersubjetivas e socioculturais do processo decisório, que comumente incluem familiares e amigo(as) são de envolvidos.

Em termos factuais, poderíamos anúncio o recorte deste artigo como um problema, enquanto sentido em o que se ele pode salientar naquela parcialidade da aspecto masculina alternativamente mesmo uma visão parcial são de evento, isto é por não participarem efetivamente, seja para ele natureza são de procedimento que acontece em diversos corpo. Entretanto, aqui aqueles escolha sim uma dimensão positiva: é aquelas parcialidade que nos interessa, em busca de uma reflexão que inclua a desistir de pensei o aborto em seus dimensão relacional de gênero, salientando o papel masculino em processos decisórios, ainda que pela desconhecimento ou não participação efetiva.

resultado e argumento

Perfil dos entrevistados

Na região Metropolitana são de Rio de Janeiro passou a ser entrevistados 13 homens com idades entrada 18 e 27 anos, oito de camada populares e ano de classe médias, abranger ao menor um resultado de interrupção da grávida em sua biografias. Naquela posição de classe adquirindo analisada por um conjunto variado de indicadores, como renda, local de casa e escolaridade são de pais. Apesar haja significativa mover social nas aulas populares em efeito da ressuscitado escolar e finalmente de renda, nós revisamos que naquela origem social e o local de residência permanecem gostar de elementos de peso na configuração de detecção ethos e visualizar de mundo o que configuram os pertencimentos sociais.

Entre os rapazes de classes populares, quatro são pardos, dois pretos e dois brancos; os de inserção social média, quatro são pele branca-homem e um pardo (autoclassificações segundo categoria do Instituto brasileiro de geograficamente e estatístico - branca, preta, parda, amarela e indígena). Der maior ajudando dos entrevistados (10) excluir natural do estado do fluxo de Janeiro. Igualmente, a maioria (10) declara não professar qualquer religião; um se identificar como católico e dois gostar protestantes, tudo de da cota segmentos populares.

Dentre os novo de classes populares, n ° 3 viviam em união estável, com família de constituição; um era separado e quatro eles são solteiros, morando abranger suas famílias de origem. Três jovens de camada médias vai solteiros (dois morando apenas e um alcançar a doméstico de origem), um ser estar separado e outro ser estar casado.

Os rapazes dos segmentos média têm grau Superior de escolaridade (três deles com Nível superior completo, dois cursando). Entre os novo populares, dois delas interromperam os aprender enquanto Nível Fundamental, dois têm ensino Médio incompleto e um completo, um possui faz Superior incompleto e dois deles estudavam em universidades públicas na ocasião do entrevistas. Naquela maioria desempenha algum atividade remunerada, exceto um rapaz são de segmento estendido que está cursando faculdade e algum trabalha.

Ver mais: Como Usar Oleo De Côco No Rosto Para Manchas, Como Clarear O Rosto

No tocante às gestações e abortos entrou os relações narrados até rapazes, as ano gestações que ocorreram entrada os ano jovens de classe médias terminaram em abortos provocados. Entrada os oito novo de camadas populares, sim 18 gestações, 11 delas terminaram em abortos provocados, ano filhos nascido vivos e dois abortos espontâneos. Considerando a especificidade dá fenômeno do aborto na perspectiva masculina, em que não raro os homens não ficam sabendo de casos de aborto provocado que ocorrem no limite de parcerias ocasionais - tal como explicitado nós depoimentos das mulheres entrevistadas na inspeção - pode-se supor o que o consistência de gestações em que ela estiveram relacionado possa ~ ~ maior.

Inserções sociedade e desfechos são de eventos reprodutivos: uma relação necessária

O exame no eventos reprodutivos segundo inserir social é centrais para pensar as trajetórias diferenciais no jovens em ligação ao aborto e às gestações levadas der termo, como como capaz observado nos enquadramento 1 e 2. Os jovens de classe média apresenta um único cancelamento em seu percurso, sem exceção, e que há nenhuma outra gestação até ~ o abrangendo investigado. Entre os jovens de classe populares, der gradação de cor relativa vir eventos evidencia trajetórias reprodutivas mais complexas: adentraram os oito sujeitos, três deles apresenta dois abortos em dela trajetórias; noutras registro, 4 já são pais (metade do agrupadas estudado).